Rina Brasil

Selecione o pais

COMUNICADO À IMPRENSA - 23/09/2015

​RINA lança novos serviços para o setor de Iates

O RINA, Sociedade Classificadora baseada na Itália, lançou uma série de novos serviços e normas direcionadas a ajudar a crescente indústria global de Iates a ampliar suas eficiências e reduzir seus impactos ambientais.

Os cinco novos serviços lançados no último trimestre de 2015 são: Certificação de Conformidade Global (Global compliance) de barcos mostrando que atendem aos critérios de ambos EUA e EU, um conjunto de cursos e certificação para gerentes de marina, Avaliação de interferência eletromagnética e risco, uma nova Notação de Classe para Iates em que mede o impacto ambiental de todo o ciclo de vida do Iate, e novas Regras para um uso mais extensido de fibra de vidro no casco e superestrutura.

Paolo Moretti, Gerente Geral Marítimo do RINA Services, afirma que "A indústria global de Iates está crescendo bastante e é muito diversa. E estes novos serviços são uma demonstração da nossa intenção em fornecer serviços e normas úteis para todos os setores da indústria, onde quer que estejam".

GLOBAL COMPLIANCE Certification / Certificação de Conformidade Global
O RINA é a primeira Sociedade Classificadora européia com vistoriadores qualificados para executar inspeções NMMA em barcos construídos na Europa ou outras partes do mundo que sejam vendidos ou utilizados nos EUA. Este será unificado com a marcação CE (CE Compliance) para que barcos possam ter uma nova certificação RINA, chamada GLOBAL COMPLIANCE. A Zar Formenti (construtora italiana de barcos infláveis) e o Italian Sea Group são as primeiras duas empresas a se beneficiar desta certificação dupla unificada. Reconhecendo o alto valor agregado deste serviço, diversas outras empresas estão no processo de certificação NMMA/GLOBAL COMPLIANCE.

Uso de Fibras de Vidro
O RINA está desenvolvendo novos padrões de dimensionamento e design da fibra de vidro a ser usada em embarcações de recreio que se baseiam em conceitos de projetos alternativos. Os Padrões/Regras do RINA estão atualmente em fase experimental e são destinados a manter a segurança proporcionada pelas normas ISO enquanto abre o caminho para projetistas e estaleiros a utilizarem vibras de vidro de forma extensida e inovadora em iates de todos os tamanhos.

As regulamentações isentarão as necessidades de realizar testes em modelos completos, que são custosos e demandam muito tempo de preparação. As fórmulas a serem aplicadas levam em consideração as últimas técnicas de construção e materiais utilizados na indústria que não precisem de testes destrutivos custosos.

Avaliação de Danos Eletromagnéticos/Electromagnetic Hazard Evaluation
Proprietários de Iates estão se tornando cada vez mais conscientes dos problemas ambientais e também desejam estar protegidos de emissões eletromagnéticas. Tais emissões são invisiveis mas podem prejudicar a performance dos sistemas eletronicos instalados a bordo e afetar a saúde das pessoas sujeitas a elas por um muito tempo. Por esta razão, o RINA irá fornecer um conjunto de serviços destinados a controlar e medir os níveis deste tipo de emissão.

O RINA pode intervir na fase de projetos com softwares dedicados que podem avaliar as possíveis interferências entre equipamentos, encontrar o melhor roteamento de cabos e mitigar o nível total de emissões. É possível também medir níveis de emissões eletromagnéticas a bordo após a construção. Isto estabelece um novo padrão de qualidade para estaleiros e fornece evidências reconhecidas para o proprietário de que tais níveis estão abaixo dos indicados pela Regulação Européia EU 1999/519/CE.

O Iate Tankoa`s Suerte foi o primeiro a ser testado em um projeto piloto para avaliar sua conformidade com os Padrões Europeus.

Impacto Ambiental
O RINA está desenvolvendo uma nova Notação de Classe para iates que mede o impacto ambiental de todo o ciclo de vida do iate. Será referência na medição de pegada ambiental de iates em contraste com indicadores chave como de alterações climáricas/climate change (Global Warming Potential) e acidificação da água (Acidification Potential).

A análise da Avaliação do Ciclo de vida/ Life Cycle Assessment (LCA) será utilizada para calcular os impactos de todo o ciclo de vida desde a extração de materiais brutos e matédia prima até o descarte final do iate, avaliando todos os insumos incluindo consumo de energia e materiais e todos os resultados incluindo emissões ao ar, água e terra e produção de lixo. a Notação LCA RINA verifica não somente os impactos ambientais como também aspéctos sociais do estaleiro e processos de fabricação como segurança do trabalho, oportunidades igualitárias e ausencia de trabalho infantil.

Aprimorando a gestão do porto/marina
O RINA desenvolveu seu esquema de certificação MaRINA EXCELLENCE que avalia o valor da marina/porto em termos de serviços ofertados, nível de segurança e proteção ambiental. O esquema foi agora estendido após o desenvolvimento de um programa de certificação e uma série de cursos para gerentes de marinas/portos e quadro superior. O crescimento das marinas e portos turísticos levou ao desenvolvimento de uma nova profissão de gerenciamento de marinas. Como líder no setor de certificação de processo, produtos e profissionais, o RINA desenvolveu um esquema de certificação de profissionais do setor de portos turísticos, de acordo com as normas abrangidas pela acreditação ACCREDIA, e em conformidade com a norma UNI CEI EN ISO/IEC 1702. Ocurso de MARINA MANAGER (gerente de marina) proporciona a certificação de profissionais com atividades de gestão de marinas turísticas. A certificação ajuda a garantir que as marinas estejam corretamente geridas e contribui para a distinção da marina de outras menos profissionais e qualificadas.

Novo gerente para o setor de Iates do Reino Unido
Em outra ação separada dirigida à melhoria de serviços para construtores de iates, o RINA fortaleceu sua equipe no reino unido e nomeou um novo Gerente de setor de iates, Lewis Northcott. Ele entende o mercado do Reino Unido uma vez que nos últimos 7 anos supervisionou cerca de 120 projetos de contruções de superiates nos estaleiros do Reino Unido como lídeda equipe do RINA de vistorias.​