Rina Brasil

Selecione o pais

COMUNICADO À IMPRENSA - 11/02/2016

Setor naval aborda a segurança de navios RO-RO​​

Profissionais do setor naval reuniram-se em Roma para abordar a questão da segurança de navios Ro-Ro. O RINA Services, em cooperação com a Norwegian Hull Club e Interferry, deram apoio ao seminário de segurança de Ro-ro (Ro-Ro Safety Seminar) em 14 de janeiro de 2016.

A segurança de navios Ro-Ro foi colocada em foco após os altos níveis de vítimas resultantes de acidentes recentes. Estudos de caso, apresentados no seminário promovido pelo RINA, Interferry e Norwegian Hull Club, motivou discussões focadas nas lições que podem ser tiradas destes desastres. Critérios de projeto, construção, operação e manutenção, equipamentos e acordos de fretamento: tudo foi objeto de análise.

Todos os tópicos discutidos são fatores que contribuiram para os acidentes ocorridos a bordo de navios ro-ro. Os resultados das investigações dos incidentes recentes em navios de cruzeiro italianos foi destacada em uma apresentação de Fabio Croccolo, Diretor Geral para Investigações Ferroviárias e Navais (Railway and Marine Investigations’ - DIGIFEMA), parte do Ministério Italiano de Infraestrutura e Transportes.

A pesquisa apresentada por Ole Jorgen Eikanger da Norwegian Hull Club demonstrou que incêndios e explosões comprometeram a segurança dos navios ro-ro. Balsas ro-ro e de veículo tiveram um aumento significativo de incêndios/explosões nos anos recentes. Entre 2011 e 2012, embarcações ro-ro e de veículos tiveram 0.9% de todas as queixas de incêndio e explosão, o maior índice por tipo de embarcação. Entre 2013 e 2014 este número aumentou bruscamente para 1.5% de embarcações ro-ro e de veículos com este tipo de queixa.

Este aumento abrupto determinou que incêndios e explosões fossem o principal tópido de conversação no Seminário de Segurança de Navios Ro-Ro. Darren Johnson, da Interferry, ressaltou as orientações para as melhores práticas operacionais para segurança contra incêndios em navios ro-ro de open deck. Ao abordar esta questão, ele enfatizou a importância do fator humano: ter funcionários competentes e treinados, com os conhecimentos técnicos e habilidades apropriadas que os permitem reagir rapidamente e profissionalmente em ambientes estressantes é algo valioso para uma empresa, e reduz significativamente os riscos em casos de incidentes acontecerem.

O Diretor de Inovação Naval do RINA Services, Andrea Cogliolo, fez uma apresentação sobre uma questão cruscial do setor naval, gestão de integridade de ativos; uma questão que afeta diretamente a segurança de ro-ro. Cogliolo enfatizou a importância de novas regras para a gestão de integridade de ativos como uma forma de prevenção de acidentes. Tais regras garantem que se encontre um balanço correto entre requisitos de prevenção de explosões e requisitos de detecção e extinção de incêndios.

Novas tecnologias em veículos também impactam diretamente a segurança em navios ro-ro. Conforme a tecnologia se desenvolve e novas maneiras inovadoras de motorização de veículos são desenvolvidas, a indústria naval precisa estar ciente dos riscos potenciais de novos tipos de cargas a bordo de embarações ro-ro, incluindo carros elétricos e híbridos e caminhões movidos a GNL.

O RINA Services, na posição de liderança de organismo de Classificação para o setor de ferries (com uma participação de 23% da frota total atual em termos de AB), entende que as Regras de Classificação precisam ser adaptadas continuamente para proporcionar os melhores padrões possíveis para a segurança de navios Ro-Ro, que fica lado a lado do aumento na gestão da integridade de ativos para empresas do setor naval.​